Blog Dr Erasmo /

Fique por dentro das novidades da Clínica.

Home /NEWS /BLOG DR ERASMO

Vela Shape III : Novidade no combate à celulite

Vela Shape III : Novidade no combate à celulite

Última geração do equipamento Velashape intensifica a eliminação de gordura localizada, estimula a produção de colágeno e reduz a retenção de líquidos

A primavera chegou e acendeu o alerta para o verão. Sentir-se bem consigo mesmo é muito importante para curtir a próxima estação ao máximo, sem medo dos biquínis e sungas. Quem quer ajuda para entrar em forma pode contar com os tratamentos estéticos. Uma das novidades do momento é o Velashape III, indicado para reduzir celulite, flacidez e gordura localizada, entre outros benefícios.

“É um equipamento que quebra as células de gordura, que depois são eliminadas pelo organismo”, explica o dermatologista Erasmo Tokarski. Para atingir esse efeito, o Velashape combina quatro recursos ao mesmo tempo: LED infravermelho, que aquece o tecido até uma profundidade de 3 milímetros (mm); radiofrequência, que atinge uma profundidade de 20 mm; roletes mecânicos, para massagear o corpo; e vácuo, que intensifica e focaliza a energia nas áreas tratadas, como abdômen, glúteos, coxas e braços.



Um fim para as olheiras

Um fim para as olheiras

Quem sofre com o aspecto cansado e as manchas escuras ao redor da pálpebra inferior, as chamadas olheiras, sabe bem o quão incomodo pode ser esse problema. Causada pela alta concentração de melanina ou pelo congestionamento dos vasos capilares da região em torno dos olhos, as olheiras podem ser de causa genética, mas também comportamental, podendo se agravar por fatores externos como: estresse, falta de sono, cansaço, excesso de sol, envelhecimento e alergias.

Segundo o dermatologista Erasmo Tokarski, as olheiras podem ser classificadas em: vasculares, hereditárias e traumáticas. As vasculares são as manchas escuras ao redor dos olhos, resultado da estagnação de sangue na região, podem ser arroxeada ou amarronzada, sendo a primeira tonalidade mais comum em peles claras, e a segunda em peles mais escuras; olheiras hereditárias, quando o problema está na anatomia do olho, o que causa uma espécie de sombreamento na região; e a traumática, que é o inchaço da pálpebra, no geral consequência de noites mal dormidas ou estresse. Para quem sofre desse mal, a boa notícia é que todos os tipos de olheiras têm tratamento, com ressalva apenas para os casos genéticos, que podem reincidir ou demorar mais para clarear.



Melasma: Como Tratar?

Melasma: Como Tratar?

Melasma é o surgimento de manchas escuras na pele, que normalmente aparecem no rosto.

São vários e diversos os fatores que aumentam o risco de a pessoa contrair melasma, entre eles:

  • Ser mulher, pois elas representam aproximadamente 90% do total dos casos de melasma conhecidos
  • Ter um tom de pele mais escuro, como as africanas e afrodescendentes, indianas, hispânicas e asiáticas, pois são mais propensas a contrair melasma por possuírem mais melanócitos ativos para a produção de melanina (pigmentação da pele)
  • Estar gestante também contribui devido às alterações hormonais
  • Algum familiar direto já ter tido melasma
  • Altas temperaturas, exposição ao sol e período de verão



Página 1 de 3123