FALE COM A CLÍNICA: (61) 3242-2070 | (61) 99961-4719

Notícias Imprensa /

Fique por dentro das novidades.

Não descuide da saúde no carnaval

Não descuide da saúde no carnaval

Carnaval é temporada de excessos. Foliões passam várias horas em pé, curtindo as festas sob muito sol e calor. Para muitos, esse é o momento mais esperado do ano. Então, por que não garantir que este momento seja aproveitado da melhor maneira possível? Para que a folia seja pura diversão, vale seguir algumas dicas de saúde.
Confira algumas dicas:

Pele

Para quem deseja curtir os blocos de rua, é essencial se proteger da radiação solar. “No Carnaval, as pessoas costumam passar várias horas expostas ao sol. O protetor solar é indispensável para evitar insolação e outros danos a longo prazo, como o envelhecimento precoce e o câncer de pele”, indica o dermatologista Erasmo Tokarski.



Dezembro Laranja chama atenção para prevenção do câncer de pele

Dezembro Laranja chama atenção para prevenção do câncer de pele

A data instaurada no País pela Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD chega para alertar sobre a importância de prevenir o câncer de pele que tem estimativa de 165 mil novos casos entre 2018 e 2019 no Brasil
Para reforçar a ideia de cuidado e prevenção contra o câncer de pele na população brasileira, principalmente com a chegada do verão, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) lança a campanha “Dezembro Laranja”. Neste ano, o tema da campanha nacional de prevenção ao câncer da pele é ‘Se exponha, mas não se queime’. Para se ter uma ideia, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de pele é o tipo mais comum no Brasil. Para 2018 são estimados, no país, 2.920 novos casos de câncer de pele melanoma em homens e 3.340 em mulheres. Já os casos novos de câncer de pele não melanoma estimados são de 85.170 em homens e 80.410 em mulheres.



Cuidados com a pele devem ser intensificados no tempo seco

Cuidados com a pele devem ser intensificados no tempo seco

Dermatologista dá dicas para enfrentar a baixa umidade em Brasília

Após dois dias consecutivos de umidade relativa do ar abaixo dos 12%, a Defesa Civil emitiu, pela primeira vez no ano, o alerta de estado de emergência. No último domingo (12/08), o dia mais seco do ano em Brasília até agora, o Instituto Nacional de Meteorologia (Imnet) registrou a mínima de 10%. Nesta terça-feira (14/08), chegou a 20%. Apesar da seca se repetir todos os anos, os habitantes da capital sempre sofrem com a estiagem e a alta temperatura, que facilitam, por exemplo, o surgimento de problemas na pele.



Busca