FALE COM A CLÍNICA: (61) 3242-2070 | (61) 99961-4719

Blog Dr Erasmo /

Fique por dentro das novidades da Clínica.

Matrópoles: Dr. Erasmo Tokarski fala sobre os cuidados com a pela durante o carnaval

Cuidado com o glitter! Dermatologista dá dicas para proteger a pele

Carnaval é tempo de glitter, purpurina, pintura de rosto e muita neve artificial. Mas será que eles podem ser usados sem preocupação?

As festas de Carnaval são a oportunidade perfeita para sair de casa cheio de brilho: não há folião que escape imune aos quatro dias de bloquinhos. Mas será que o uso de glitter, purpurina e tinta guache no rosto é saudável para a pele?

Segundo os dermatologistas, é importante estar atento. Em primeiro lugar, o folião não pode esquecer o filtro solar, uma vez que a maioria dos eventos acontece durante o dia. Uma ideia interessante é misturar o glitter com o produto, mas atenção às proporções: muita purpurina pode deixar a mistura grossa.

Matrópoles: Dr. Erasmo Tokarski fala sobre os cuidados com a pela durante o carnaval

“O glitter, em geral, não machuca a pele. Mas pode irritar ou coçar na hora de retirar porque fica colado”, explica o dermatologista Erasmo Tokarski. Ele também alerta para o uso de tinta guache em pinturas de rosto. Quando o produto seca, tende a coçar bastante. “É preciso tomar cuidado. A tinta dá muita alergia e, para pessoas muito sensíveis, é melhor evitar o uso”, esclarece. O ideal é fazer um teste no braço antes, para garantir a segurança.

Outro produto que deve ser utilizado com cuidado é a neve artificial, muito comum nos bloquinhos de Carnaval infantis. De acordo com o dermatologista, a substância química pode causar alergia e, caso a área atingida fique vermelha e arda, a indicação é lavar com água corrente. Se não melhorar, acabou a festa: é hora de procurar um médico.




Busca